Cura

Cuidando das Relações e Afetos

Um curso para te ajudar a navegar pelas complexidades relacionais, abrir caminho para novos níveis de empatia e conexão humana no contexto corporativo.

Olhar para as relações humanas é tão importante quanto olhar para a estrutura e processos organizacionais.

Quando as relações não vão bem, é comum times criarem regras e processos para tentar tapar esse buraco.

Mas regras e processos não são capazes de cobrir uma lacuna de confiança. 🙈

Quanto mais conflitos não resolvidos, mais bagagem emocional se acumula, mais impacto negativo nas relações, o que aumenta mais ainda o número de conflitos.

A solução não é terceirizar o problema ou se vitimizar. É preciso criar espaços de vulnerabilidade, aprender a lidar com conversas difíceis e transformar conflitos.

Teoria + Prática + Vivências

O CURA proporciona um entendimento amplo e aplicável de como fortalecer a segurança psicológica e impulsionar processos de autogestão no ambiente de trabalho. Uma mistura de teoria, estudos de caso e práticas vivenciais.

Alguns temas que serão abordados:

  1. Espaços de Vulnerabilidade e Empatia: Desbloqueie a capacidade de criar um ambiente de trabalho genuinamente humano, utilizando a empatia e a transparência como ferramentas de conexão.
  2. Transformação de Conflito: Adquira estratégias e ferramentas práticas para converter tensões relacionais em oportunidades de crescimento e aprendizado.
  3. Conversas Difíceis: Aprenda a conduzir diálogos desafiadores com confiança e assertividade, transformando conversas complicadas em momentos de evolução.
  4. Criação de Comunidade: Vivencie a arte de criar espaços de pertencimento, fomentando um ambiente de apoio mútuo e colaboração.

CURA é pra quem:

Quer conhecer estratégias para cultivar relações mais significativas e impactantes no ambiente de trabalho.

Precisa de apoio ou mentoria para facilitar espaços relacionais.

Quer transformar conflitos profissionais em catalisadores poderosos para o desenvolvimento da equipe.

Gostaria de estabelecer uma comunicação mais significativa na sua organização.

Está praticando autogestão e quer trocar experiências sobre o fortalecimento do espaço relacional.