Miopia Sistêmica: conheça a doença

A miopia sistêmica (miopisis) é uma doença muito comum em grupos sociais denominados “organizações” ou “empresas”.  A miopisis atinge cerca de 90% da população de executivos de grandes corporações, além de gestores, coordenadores e também analistas muito tempo imersos nos escritórios infectados. Homens e mulheres são afetados igualmente.

Sintomas

O principal sintoma da miopia sistêmica se manifesta como uma incapacidade de visualizar como as relações entre os elementos de um sistema social fazem parte do próprio sistema. Ou seja, vítimas da miopia sistêmica tendem a atribuir todos os resultados aos elementos, geralmente às pessoas. Esse sintoma também pode se manifestar das seguintes formas:

  1. Busca de culpados. Quando as coisas dão errado, vítimas da miopisis procuram alguém para culpar ou responsabilizar pelo resultado. Ou seja, a miopia sistêmica faz o indivíduo atuar como se o resultado de um sistema complexo pudesse ser atribuído a um único elemento do próprio sistema. Exemplos: Quando um produto apresenta uma falha, perguntam: quem foi que fez isso?
  2. Análise de causa-raiz. Da mesma forma que na ramificação sintomática anterior, vítimas da miopisis tendem a acreditar que um problema complexo possui uma única causa-raiz. Por exemplo: Precisamos entender o fato ou motivo que causou a queda de engajamento na empresa. Buscam mais dados e análises para descrever o contexto, assumindo que ele é simples, quando na verdade é complexo.
  3. Performance individual: A miopia sistêmica também pode provocar na vítima um extremo apreço ao indivíduo, principalmente uma crença de que existe performance individual no mundo das organizações. Quando apresentam este sintoma, os atingidos também costumam defender a meritocracia e os bônus extravagantes de executivos com unhas e dentes.
  4. Tudo depende do mindset: A vítima utiliza repetidamente a palavra “mindset” para descrever o porquê algo acontece ou deixa de acontecer. “Não existe autonomia na empresa, pois as pessoas não tem o mindset certo” ou “Precisamos de pessoas com um mindset de dono, aí a coisa vai para frente”.

Tratamentos

Leituras constantes de conteúdos sobre o futuro do trabalho, presentes no blog da Target Teal, além de sessões de coaching, terapia e muita prática de novas tecnologias sociais tendem a aliviar os sintomas da miopia sistêmica. No entanto, também sabemos que a miopisis nunca deixa o corpo do indivíduo, sendo possível que a doença regrida a um estágio anterior muito rapidamente.

Causas

As causas da miopia sistêmica ainda são desconhecidas. Cientistas acreditam que anos de exposição à gestão tradicional, a um chefe abusivo e às certificações do PMI aumentam as chances de infecção. Sabemos também que a doença é viral, porque espalha-se rapidamente em escritórios fechados, principalmente aqueles com catracas e pontos eletrônicos.

Retratação

O autor e pesquisador que está escrevendo este texto e relatando a miopia sistêmica também confessa que pode estar contaminado com a própria doença. Afinal, classificar tais comportamentos como uma propriedade do indivíduo (uma doença) é um sintoma da mesma.

Conclusão: A miopia sistêmica na realidade é uma patologia do corpo organizacional e do sistema, mais amplo do que as pessoas nele contido.

Por |2018-11-28T18:07:46+00:00novembro 28, 2018|Gestão, Histórias|0 Comentários

Sobre o Autor:

Davi é um transformador de organizações e desenvolvedor de software social. Não satisfeito com as mudanças realizadas em times de desenvolvimento de software como Agile Coach, resolveu abordar um problema organizacional mais profundo: a forma como lidamos com autoridade dentro de empresas. É amante dos temas desenvolvimento organizacional, produtividade, futuro do trabalho e organizações evolutivas. Davi também é pioneiro na prática de Holacracia no Brasil.

Deixe um comentário