Luther Blissett

Luther Blissett é um pseudônimo multi-usuário, uma identidade em aberto, adotada e compartilhada por centenas de hackers, ativistas e operadores culturais em vários países. Na Itália, no período 1994-1999, o chamado Luther Blissett Project adquire notoriedade tornando-se uma lenda, uma espécie de herói popular, um Robin Hood da era da informação que organiza zombarias, passa notícias falsas à mídia e coordena heterodoxas campanhas de solidariedade a vítimas da repressão. Luther é o fundador da Target Teal.

Davi Gabriel

Davi é designer organizacional e facilitador na Target Teal, especializado em melhorar interações entre times e indivíduos no ambiente corporativo. É pioneiro na prática de Holacracia no Brasil e co-autor da Organização Orgânica, uma abordagem brasileira para autogestão. Davi é formado em Sistemas de Informação pela UNISINOS e pós-graduado em Psicologia Positiva pela PUCRS. É amante dos temas desenvolvimento humano e de organizações, produtividade, futuro do trabalho e cultura organizacional.

Rodrigo Bastos

Rodrigo Bastos

Rodrigo é facilitador e designer organizacional. Formado em Engenharia de Materiais pela POLI-USP. Atuou por mais de 10 anos na criação e condução de programas que utilizam a educação experiencial como método. Já foi engenheiro e gestor, hoje Rodrigo se considera um “livre discente” na busca de oportunidades para praticar sua pesquisa-ação em organizações que querem mudar fundamentalmente a maneira como operam.

Danilo Fascio

Danilo Fascio

Danilo é designer organizacional e facilitador na Target Teal. Utiliza a abordagem Ágil e o Lean, a autogestão e os novos paradigmas de gestão sistêmica como principais diretrizes de trabalho. Com mais de 20 anos de experiência nesse mercado, já atuou em diversos papéis em organizações de diversos tipos e tamanhos. Apaixonado por tecnologia, também apoia organizações no desenvolvimento de produtos digitais.

Marco Barón

Marco Barón

Marco Barón é um subversivo ou, como ele mesmo diz, um praticante da rebeldia corporativa. É sócio e hacker organizacional na Target Teal; sócio e coach de cultura e autogestão na eduK; advisor de design cultural em diversas organizações; é professor na TERA, Perestroika, Reinvent Legal, HSM e Fundação Dom Cabral; além de mentor de executivos e startups. Estudou comunicação social na FAAP; sociologia e sócio-psicologia na FESPSP e comércio Internacional na USP; mas foi em suas vivências em práticas de diálogo, comunicação não – violenta e fenomenologia goetheana que se encontrou. Foi executivo de Recursos Humanos em organizações de diversos tamanhos, segmentos e culturas, onde atuou principalmente com temas como desenvolvimento, mudança e cultura organizacional (e bagunçou a cabeça de muita gente).

Eduardo Montenegro

Eduardo Montenegro

Eduardo é um hacker de cultura organizacional, facilitador de tecnologias sociais envolvendo as abordagens de Design Thinking, Agilidade e Autogestão. É apaixonado por novas formas criativas de colaboração, sempre buscando novos caminhos de impacto positivo nos negócios e na vida. Acredita seriamente no poder do protagonismo dos indivíduos e organizações para co-criar futuros desejados. Graduado em Engenharia de controle e Automação pela UFOP. Possui mais de 10 anos de experiência em desenvolvimento e gestão de soluções de informação para indústria.

Eduardo Araujo

Eduardo Araujo

Eduardo é facilitador de processos de desenvolvimento humano e organizacional. Empreendeu empresas em modelos evolutivos, onde liderou frentes de design organizacional e comunicação integrativa, trabalhou em projetos de inovação consciente na Mandalah Consultoria e como agente de mudanças no Prove Educação. Du é experimentador e auto-educador de modelos organizacionais e convivência mais conscientes, apaixonado por aprendizagem e transições.

Fabiana Prudente

Fabiana Prudente

Anfitriã de inovação organizacional, de pessoas e de transformação cultural. Fabiana atua como designer organizacional e facilitadora de tecnologias disruptivas que potencializam a colaboração e a inovação. É precursora de práticas de Sociocracia e Lean Thinking no Brasil. Engenheira Mecânica (UFU) com MBA em Gestão Empresarial (FGV) e pós em Transdisciplinaridade e em Metodologias Cooperativas. É yogin, praticante da alquimia da cozinha e tem muita história para contar de seus mais de 20 anos em organizações e de 8 anos em uma fazenda comunitária.

Tanya Stergiou

Tanya Stergiou

Tanya possui mais de 20 anos de experiência como consultora e facilitadora na área de Desenvolvimento Organizacional e Ambientes Colaborativos.  Hoje atua na implantação de sistemas autogestionados, usando Organizações Orgânicas, Sociocracia 3.0, Dragon Dreaming, Action Learning e Modos Relacionais. É cofundadora da Sociocracia Brasil, sócia da Taion Consultoria e Partner no Target Teal. Ela tem mestrado em Política Economia Internacional com foco em América Latina e Ásia de Norman Paterson School of International Affairs, Canada.

Diego Bonifacio

DIEGO BONIFACIO

Diego é um artista na concepção mais ampla da palavra. Ele já atuou como musico, facilitador, produtor cultural, empreendedor, videomaker e designer gráfico. Ajudou pequenos empreendedores e artistas independentes a desenvolverem suas marcas e posicionar seus negócios/projetos. Hoje como parceiro integrante na Target Teal, ele atua em vários papéis ligados ao design, audiovisual, marketing, mídias sociais e comunicação.

Ravi Resck

RAVI RESCK

Ravi é um hacktivista social, facilitador, org designer e mapeador de sistemas. Pesquisa metodologias colaborativas e complexidade no contexto organizacional, relacional e ambiental. É parceiro na Target Teal, CollabDesign e Facilita.Social

Tami Lima

TAMI LIMA

Tami é uma rebelde empática que curte desorganizar o jeito tradicional de cuidar de negócios, atua como designer organizacional e facilitadora. Trabalhou mais de 15 anos em Recursos Humanos e a maior parte desse tempo em empresas de tecnologia. É formada em direito, tem MBA em gestão de negócios e ama estudar sobre desenvolvimento e relações humanas, psicologia, comunicação não-violenta e estruturas organizacionais. Acredita que todo mundo tem o direito de ser quem é no trabalho ou em qualquer lugar e usa da autogestão para ajudar a construir ambientes mais saudáveis por ai.